Algumas coisas que você sabia... ou então não...

07-04-2013 17:32

Einstein foi um aluno medíocre

A precocidade não é característica dos gênios. Albert Einstein, o sábio que formulou a Teoria da Relatividade e revolucionou a ciência do nosso tempo, foi uma criança medíocre. Teve tal dificuldade para aprender que seus pais temeram ter um filho com retardamento mental.

 


Papagaios e dinossauros - velhos conhecidos

Cientistas estudam fóssil, que pode ter pertencido a papagaio pré-histórico, encontrado em Wyoming, EUA. Se for comprovado como tal, o fóssil é 10 milhões de anos mais velho do que o mais antigo de uma ave ainda existente. Sua idade fica em torno de 65 a 70 milhões de anos, o que confirmaria que ele viveu juntamente com os extintos répteis gigantes. O achado tem o formato de uma queixada e todas as características do pássaro tagarela. Enquanto os estudiosos discutem a legitimidade do objeto, tem-se como mais antigo resquício da ave, um osso de 53 milhões de anos.

 


Como surgem os buracos negros?

Os buracos negros surgem dos "restos mortais" das estrelas. Enquanto ativas, elas mantêm-se vivas, pois o calor que emanam empurra sua massa para o exterior enquanto que a gravidade as puxa para dentro, mantendo assim um equilíbrio constante. Porém, assim que seu "combustível" acaba e elas se apagam, apenas a gravidade resta, sugando sua superfície para o centro e tornando-as extremamente densas. Quando a estrela é muito grande, a gravidade gerada é tão forte que tudo que se aproximar é sugado para dentro. Nem mesmo a luz, o elemento mais rápido do universo, consegue escapar. Um corpo do tamanho de nosso Sol (1.394.000 km) precisa atingir apenas 6 km de diâmetro para tal. O que é equivalente a transformar a maior montanha da Terra em uma borboleta, mas mantendo o peso da montanha. Apocalípticos de plantão, acalmem-se! Para a formação de um buraco é necessário que a estrela seja muito maior que nosso Sol (cerca de 3,2 massas solares), então mesmo que ele apagasse, não seríamos sugados, apenas morreríamos de frio.
» Conheça os buracos brancos

 


Por que o céu é azul?

Sabemos que a luz é formada pela união de várias cores. Ao entrar em contato com a atmosfera, ela espalha-se devido às particulas existentes no ar. Porém as ondas de cada cor espalham-se de forma diferente, dependendo do seu comprimento. Quanto mais curtas, mais dispersas elas se tornam. O comprimento da onda azul faz com que ela se espalhe o suficiente para dar ao céu a tonalidade que vemos. Já no final da tarde, o sol ilumina obliquamente, obrigando os raios a fazer um caminho mais longo para chegar à Terra. Tal fato dispersa quase totalmente a luz azul e torna visível a vermelha, que possui um comprimento maior, dando-nos o espetáculo do pôr-do-sol.

 

Fonte: Terra Curiosidades

—————

Voltar