Caprino hermafrodita produz leite igual ao das fêmeas

10-01-2012 14:58
Exemplar de uma exploração dos arredores de Coimbra está a ser analisado

 

 

A Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC) concluiu que o bode hermafrodita que se destacou como macho exemplar de um rebanho de cabras produz leite “perfeitamente igual” ao das fêmeas, disse hoje um docente da instituição à agência Lusa. Uma delegação da ESAC, liderada pelo professor e veterinário Fernando Delgado, deslocou-se na sexta-feira à exploração de Amândio Inácio, na Cidreira, arredores de Coimbra, onde recolheu amostras de sangue e de leite do animal.

 

“Já temos os resultados das análises ao leite, que é perfeitamente igual ao das cabras”, revelou hoje Fernando Delgado. No entanto, segundo o mesmo especialista, “o leite do bode é ligeiramente alcalino, o que sugere a existência de uma mamite”, uma inflamação da glândula mamária que já foi hoje comunicada ao proprietário do animal.

“É uma mamite subclínica, ou seja, sem sintomas externos”, explicou. Fernando Delgado disse a Amândio Inácio “para contactar o veterinário assistente” do seu rebanho de pequenos ruminantes, que inclui 104 ovelhas e 11 cabras.

No final do ano, Fernando Delgado disse à Lusa que “o hermafroditismo é vulgar” entre os caprinos. No entanto, o fenómeno “geralmente não é tão desenvolvido” como no bode dos campos do Mondego.

O investigador tem pedido a Amândio Inácio para não abater o bode por enquanto, pois na ESAC, integrada no Instituto Politécnico de Coimbra, estão interessados em avançar com o estudo do animal.

“Estamos a fazer o estudo cromossomático do bode em colaboração com o Laboratório de Citogenética e Genómica” da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, dirigido por Isabel Carreira, adiantou.

Trata-se de um “estudo do DNA”, cujos resultados deverão ser conhecidos dentro de duas a três semanas, mas a equipa da ESAC também pretende analisar o sémen do bode.

 

Fonte/Adaptado de: Ciência Hoje

—————

Voltar