Descoberto sistema de grutas subterrâneas em Marte

13-01-2013 09:41

 

Resultados de estudo financiado pela NASA publicados no «Geophysical Research Letters»

 

 

Uma investigação internacional financiada pela NASA descobriu um sistema de cavernas subterrâneas que absorveu a água das inundações de Marte, as maiores do Sistema Solar. O estudo, publicado na «Geophysical Research Letters», apresenta assim novos dados sobre as inundações ocorridas no planeta vermelho há 2 mil milhões de anos.

Estas inundações, que provocaram a formação do Ma'adim Vallis e estão relacionadas com a origem dos oceanos em Marte, produziram canais de descarga de água que percorrem 250 quilómetros e desaparecem bruscamente na recta final.

 

A investigação, dirigida pelo cientista espanhol J. Alexis Palmero, do Planetary Science Institute, em Tucson (EUA), dá resposta, a partir de um estudo morfológico, a várias dúvidas sobre o desaparecimento da água: a grande quantidade de água infiltrou-se no subsolo de Marte através de um amplo sistema de grutas. Antes das inundações terão havido numerosas erupções vulcânicas de lama.

Os investigadores sugerem que a rede de fracturas e de canais abertos, gerados pela actividade vulcânica, deu origem a um sistema de cavidades que permitiu que a maior parte do fluxo de água e sedimentos da superfície se infiltrassem no subsolo.

Na Terra, um sistema de grutas deste género seria muito pouco estável devido à natureza dos materiais expelidos pelos vulcões, mas em Marte adquiriu rapidamente solidez e resistência mecânica semelhante à da pedra calcária devido à temperatura muito baixa da zona, 65 graus negativos.

Os resultados do estudo podem ser de grande utilidade para o conhecimento da história e da evolução do planeta Marte.

 

Artigo publicado na "Geophysical Research Letters":

Infiltration of Martian outflow channel floodwaters into lowland cavernous systems

 

Fonte/adaptado de: Ciência Hoje

—————

Voltar