Já está na rua o carro de teste da UA

15-03-2012 09:23
Estudo pretende diminuir consumo de combustível, poluição e tráfego nas rotundas

 

O Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Aveiro pôs um carro de teste, equipado com vários dispositivos de medição e registo, a percorrer as rotundas da cidade para estudar o tráfego, o consumo de combustível e a poluição. O objectivo é encontrar modelos para rotundas em que o consumo e a poluição sejam mínimos. Este é o primeiro estudo realizado em Portugal que pretende interligar comportamentos de condutores, consumos de combustível e emissões de poluentes do tráfego automóvel nas rotundas.

 

O automóvel da UA, que durante uma semana vai circular nas principais rotundas de Aveiro, está equipado com câmaras de filmar e com um GPS que, ligado a um armazenador de dados, grava, segundo a segundo, velocidades, acelerações, desacelerações, posições do veículo e inclinações do terreno.

Através de um chip, acoplado à ficha OBD (On-board Diagnosis), é ainda monitorizado o historial do desempenho do veículo, incluindo o consumo de combustível ao segundo. Para analisar as condições de tráfego, são colocadas câmaras e um radar de velocidades nas rotundas-alvo. O carro vai circular ao longo de vários períodos do dia e efectuar vários tipos de condução.

“Queremos perceber, nesta primeira fase do estudo, e com a ajuda do nosso carro-teste, de que forma os veículos se comportam nas rotundas, quer em termos de tráfego, quer em termos de consumo e de emissão de poluentes para a atmosfera”, diz Margarida Coelho, coordenadora do projeto, à Lusa.

 

 

Fonte: Ciência Hoje

—————

Voltar