Novo material à prova de bala

02-10-2011 11:10

A investigadora holandesa Jalila Essaïdi criou, no âmbito do projecto denominado  2.6g 329m/s  (uma menção ao padrão de desempenho de um colete À prova de bala comum), um material super-resistente ao misturar pele humana com seda de aranha. Veja o vídeo seguinte, para perceber um pouco melhor como funciona (o vídeo está em holandês, sem quaisquer legendas. Por isso, se quiser, pode "pular" para os 3 minutos e assistir directamente aos ensaios efectuados com o material):

 


O resultado da mistura ajuda à regeneração da pele e dos ossos e é até capaz de desacelerar uma bala, até metade da sua velocidade normal.

A descoberta foi feita em conjunto com o biólogo celular Abdoelwaheb El Ghalbzouri: «Para os coletes à prova de bala são necessárias 33 camadas de Kevlar, mas se utilizarmos mais camadas de seda de aranha, pode ser mais eficaz parar uma bala».

A nova técnica pode, declara, ser aplicada na medicina. «As células humanas parecem aderir bem à seda da aranha, que pode ser um bom apoio para a regeneração óssea, bem como de cartilagens, tendões e ligamentos», anunciou Ghalbzouri.

 

—————

Voltar