O homem que não come nem bebe

27-11-2010 01:04
Prahlad Jani é um dos maiores mistérios da Ciência

 

Octagenário indiano não bebe nem se alimenta desde os oito anos

Imagem registada no hospital de Ahmedabad
Imagem registada no hospital de Ahmedabad

Prahlad Jani tem 83 e está sob constante vigilância (24h por dia), há já duas semanas consecutivas. Este Octagenário está a ser um grande desafio para os investigadores que não conseguem perceber como é que o asceta hindu sobrevive sem comer nem beber desde os seus oito anos de idade.

Desde que recebeu a bênção da deusa Amba Mata que diz passar sem alimento e bebida, vivendo apenas de energia que recolhe do sol. Para os cientistas, a história é incongruente – estima-se que um homem, em geral, pode passar apenas alguns dias sem água (uma dezena no máximo) e, por exemplo, os grevistas de fome raramente conseguem exceder os 40 dias de jejum.

Entretanto, os médicos indianos debruçaram-se sobre o caso de Prahlad Jani, conhecido na Índia como Mataji, sob a égide da Organização de Investigação e de Desenvolvimento do Ministério da Defesa Indiano (DRDO). A equipa de investigação iniciou uma experiência de 15 dias, em que o asceta foi filmado ininterruptamente durante 24 horas. Nesse período, não comeu, não bebeu, nem urinou ou defecou.

30 médicos sem resposta

Entretanto, já 30 médicos o estão a seguir, no hospital de Ahmedabad e nenhuma alteração foi registada ao nível do seu metabolismo. Um dos neurologistas afirmou que Mataji possui uma capacidade de sobrevivência inexplicável ao nível fisiológico.

O DRDO espera mais resultados através de scanners, exames sanguíneos, medição da actividade cerebral e cardíaca – alguns elementos dos quais poderão tirar algumas conclusões, dentro de meses. Os médicos consideram que perceber como é que se pode sobreviver sem alimento e bebida poderá ajudar para a resistência de militares e ajudar vítimas de catástrofes naturais.

—————

Voltar