O clima e o núcleo da Terra

17-03-2011 12:28

Um estudo internacional envolvendo cientistas britânicos, franceses e americanos descobriu que existe uma relação entre a temperatura da superfície da Terra, os movimentos do núcleo do planeta e a duração do dia, mas que a ligação entre estes três elementos está a ser escondida pelas mudanças climáticas provocadas pela acção do homem.

O trabalho elaborado por cientistas da Universidade de Paris, organismo meteorológico britânico e Laboratório de Propulsão a Jacto, da NASA, entre outras instituições, baseou-se em séries de dados com 160 anos, usando complexos modelos de clima e modelos estatísticos. Em resumo, foram criadas duas séries de temperaturas, uma com correcção da acção humana, a outra sem essa correcção.

Estas séries foram comparadas com os dados de flutuações na duração do dia, que podem atingir um milissegundo entre Verão e Inverno, e que são causadas pelas transferências de energia entre a parte sólida e a líquida do planeta. Mas as diferenças chegaram a 4 milissegundos entre o início do século XX e o seu final, com explicação nos fluxos de ferro líquido da camada interna onde se produz o campo magnético terrestre.

A relação das diferentes séries mostra que nos últimos 160 anos as mudanças na temperatura atmosférica corresponderam às mudanças na duração do dia, mas só quando eram removidos os valores atribuídos ao efeito de estufa provocado pelos humanos. A acção humana ocultava um equilíbrio natural entre a rotação da Terra e a temperatura da superfície. Sem a correcção, existe uma divergência de dados que começa na década de 30 do século XX.  

 
 

 

—————

Voltar