Possível descoberta de um objecto Thorne-Zytkow

19-01-2014 19:41

Falando na reunião da American Astronomical Society deste ano, o Hubble Fellow, Emily Levesque descreveu como ela e os seus colegas da Universidade de Colorado descobriram uma estrela que poderia qualificar-se como um objeto Thorne-Zytkow. O objeto não foi baptizado com um nome identifictivo até ao momento, no entanto, pois a equipa de investigadores ainda não publicou os resultados obtidos. 

Kip Throne e Anna Zytkow teorizaram em 1975 o que poderia vir a existir quando uma estrela gigante vermelha moribunda engole uma estrela de neutrões na sua órbita. O resultado seria, sugeriram, uma estrela com outra estrela menor incorporada no núcleo da gigante vermelha  e que em geral se assemelham a outros tipos conhecidos de estrelas mas com uma assinatura química diferente e única. Desde essa altura muitos astrofísicos e astrónomos vasculharam os céus à procura de um desses objetos. Muitos candidatos foram encontrados, mas até agora,nenhum tinha sido confirmado. Neste último esforço o objeto encontrado parece assemelhar-se ao que Thorne e Zytkow previram. O objeto foi encontrado na Pequena Nuvem de Magalhães. Levesque informou que a equipa de investigadores confirmou que emite um espectro indicador da presença de molibdénio, lítio e rubídio, todos elementos cuja existência foi prevista pela teoria. Os investigadores sugeriram originais tais elementos teriam de forjar caminhos incomuns para marcar o seu trajecto através das várias camadas estrelas moribundas até às partes exteriores devido a uma interrupção do processo de fusão na gigante vermelha. O objeto foi descoberto como parte de uma pesquisa que esta equipa realizava em 22 objetos na nuvem usando um dos telescópios Magalhães (e seu espelho com 7 metros de diâmetro), localizado no Chile, no Deserto do Atacama. Os cientistas têm especulado que para a teoria ser sustentada, deveria haver vários objetos Thorne - Zytkow na Via Láctea, embora ninguém tenha encontrado evidência de tal, ainda. Comentando sobre a descoberta, Thorne, um dos pais da teoria que prevê a existência de tais opjectos cósmicos, sugeriu que esta nova descoberta é a mais promissora até ao momento. Mais trabalho terá que ser feito para confirmar se o espécime recém-descoberto é realmente um objeto Thorne - Zytkow. Especificamente, os cientistas vão concentrar-se nos elementos encontrados no objeto, pois a sua quantidade parece ser menor do que aquela que a teoria sugere.

Artigo original de Thorne-Zytkow (1975):

Mais informação: Nature Magazine online

Fonte/adaptado de: Phys.Org

—————

Voltar