Quando o sexo é bom, a vida é mais longa

01-12-2013 18:32

Um estudo realizado por uma equipa internacional de investigadores mostra que é assim... pelo menos nas moscas-da-fruta


Parece intuitivo e, pelo menos para as moscas-da-fruta, está confirmado: o sexo pode ser um dos segredos de uma vida mais saudável e mais longa. É isso que mostra um estudo realizado por um grupo internacional de investigadores, liderado pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, publicado na revista Science.
Para chegar a esta conclusão, a equipa coordenada por Scott Pletcher, daquela universidade norte-americana, avaliou o comportamento sexual de moscas-da-fruta e estudou os seus efeitos fisiológicos e cerebrais em diferentes situações. Entre outras, os investigadores estudaram os efeitos de não haver relação sexual em situações em que o macho estava a contar com isso. A frustração continuada causou-lhe a diminuição das reservas de gordura no organismo, o aumento de stress e uma vida mais curta.

 

Artigo publicado na Science: Drosophila Life Span and Physiology Are Modulated by Sexual Perception and Reward

 

—————

Voltar