Norte-americanos inventam dispositivo de "antilaser"

02-03-2011 13:21
 

Em vez de emitir luz, o novo dispositivo absorve-a. Por isso lhe chamaram “ absorvente coeso perfeito”, mas antilaser, afinal, soa melhor e também dá uma ideia clara sobre esta tecnologia.

Trata-se de um dispositivo inventado por investigadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, que poderá ajudar a desenvolver, no futuro, novos componentes para computadores, mas que também ter aplicações noutros campos da electrónica e na área da óptica.

A tecnologia foi desenvolvida a partir de um conceito teórico proposto pelo físico Douglas Stone, também da Universidade de Yale.

O laser, inventado em 1960, permite concentrar um feixe de luz, utilizando dois espelhos e estimulando a emissão de fotões na mesma frequência. A luz é ampliada quando os fotões são reflectidos de um lado para o outro. Com este novo dispositivo, em vez de espelhos há algo que gera a absorção dos fotões. De salientar que é necessário um laser para conceber o antilaser.

 

Fonte: Diário de Notícias

—————

Voltar