Super-Tempestade num exoplaneta

04-07-2010 12:52

 VLT (Very Large Telescope) detecta pela primeira vez uma super-tempestade num exoplaneta

Astrónomos foram, pela primeira vez, capazes de medir uma super tempestade na atmosfera de um exoplaneta (planeta situado fora do sistema solar). Este planeta é do tipo "Júpiter quente" (planeta do tipo de Júpiter, um gigante gasoso, mas situado numa posição muito mais próxima da estrela respectiva, apresentando com frequência o mesmo lado permanentemente virado para a estrela respectiva. O planeta em causa é designado como HD209458b, localiza-se a cerca de 150 anos-luz da Terra, na direcção da constelação de Pégaso  e possui uma massa equivalente a 60% da massa de Júpiter.

As medições de alta precisão de dióxido de carbono gasoso mostram que este está a ser direccionado a grande velocidade do lado diurno do planeta, a alta temperatura (~1.000ºC), para o lado obscuro. A grande diferença de temperatura entre estes dois hemisférios gera enormes correntes de convecção que resultam em ventos de grande velocidade (5.000 a 10.000 km/h).

Os cientistas conseguiram igualmente medir pela primeira vez a velocidade orbital de um exoplaneta, permitindo determinar directamente a sua massa.

—————

Voltar