Elevador de bolas de naftalina

Elevador de bolas de naftalina

Reagentes e material necessário 

  • Bolas de naftalina.
  • Água.
  • Bicarbonato de sódio.
  • Vinagre.
  • Proveta grande (2 litros) ou um frasco de vidro alto.

 

 

 

Procedimento experimental

  • Colocar cerca de 10 a 20 ml de vinagre dentro da proveta (ou frasco).
  • Encher o recipiente com água, até cerca de 3 dedos do seu rebordo.
  • Adicionar uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Dissolver.
  • Introduzir cerca de meia dúzia de bolas de naftalina dentro do recipiente.
  • Observar o que acontece.
  • Se quiseres, podes experimentar adicionar algumas gotas de corante.

 

 

 

Explicação

 

 

O bicarbonato de sódio reage com o ácido do vinagre e produz uma substância gasosa, o dióxido de carbono (por isso surgem pequenas bolhinhas gaosas):

 

H+ (aq) + HCO3- (aq) ---> CO2 (g) + H2O (l)

 

Essas bolhas de ar agarram-se às bolas de naftalina, actuando como bóias e deslocam as bolas de naftalina até à superfície (o dióxido de carbono  - CO2 - é menos denso do que a água).

As bolas de naftalina ficam temporariamente a flutuar.

Algumas dessas bolhas de dióxido de carbono, libertam-se à superfície, e sem a sua ajuda, as bolas de naftalina (mais densas do que a água) voltam a descer até ao fundo do recipiente.

Depois todo o processo volta-se a repetir, até que o gás formado na reação entre o bicarbonato e o vinagre se esgote.

 

Fonte/adaptado de: EXPLICATORIUM