Fundação PT e Khan Academy em português

Fundação PT e Khan Academy em português

Khan Academy em português e Fundação PT

A Fundação Portugal Telecom e a Khan Academy apresentaram hoje um projeto educacional interativo desenvolvido por esta organização não-governamental e que disponibiliza gratuitamente, vídeos interativos com conteúdos de matemática, física, química e biologia entre outras matérias.
Estão já disponíveis 70 vídeos de matemática em http://fundacao.telecom.pt/KhanAcademy sendo que até ao final do ano estarão traduzidos e dobrados em português cerca de 400 vídeos, numa lógica de acesso multiecrã, que poderão também ser vistos em África (Angola, Cabo Verde e Moçambique) e Timor-Leste através do Sapo Internacional. Estes vídeos serão narrados por quadros da PT e por Rogério Martins, professor de matemática e autor de programas de televisão.

A Khan Academy - www.khanacademy.org - é uma organização sem fins lucrativos lançada em Setembro de 2006 por Salman Khan, engenheiro Eletrotécnico do MIT e MBA de Harvard, com um repositório de conteúdos educacionais gratuitos. A ideia de desenvolver estes vídeos surgiu quando teve de ajudar um familiar a estudar matemática. Como viviam em cidades muito distantes, produziu pequenos vídeos explicativos e com uma linguagem muito acessível, que disponibilizou online. Estes vídeos tornaram-se virais e rapidamente milhares de jovens começaram a utilizá-los e partilhá-los. Hoje estão disponíveis cerca de 4000 vídeos (pequenas aulas apenas com locução e exemplificação gráfica), 370 exercícios práticos e 225 milhões de lições dadas, nas áreas de matemática, física, química, ciência computacional, história, humanidades ou economia.

A Fundação Portugal Telecom está fazer a adaptação dos vídeos originais em inglês, para português com a certificação da Sociedade Portuguesa de Matemática. Dada a importância desta disciplina no currículo escolar português, 80% das vídeo-aulas a publicar entre 2013 e 2014 incidirão sobre esta temática. A adaptação será feita de forma gradual, começando pelos conteúdos abordados nas provas nacionais do 2º, 4º, 6º, 9º e 12º ano. Em 2014, deverão ser disponibilizados cerca de 800 vídeos de matemática, física, química e biologia.